Quando saímos pelas ruas somos impactados por diversas marcas e ações, mas apenas algumas se tornam memoráveis. Apesar das pessoas estarem conectadas quase que por um período integral, o marketing offline ainda é a forma que mais surpreende e impressiona o consumidor.

Um bom trabalho de branding também está focado em se destacar nas ocasiões mais oportunas, por isso datas como Carnaval, Páscoa, Natal, Dia das Mães etc., se tornam concorridas. Dias antes, algumas marcas tentam ganhar espaço na mente do consumidor para gerar uma lembrança e afinidade, mas esquecem que na data em específico também será necessário causar impacto.

O Carnaval pode exemplificar muito bem essa questão. Uma campanha dividida em online e offline pode gerar atração, mas é durante os famosos blocos de rua que as pessoas precisam receber a mensagem para serem ainda mais impactadas. O estímulo causado no momento de lazer tende a incentivar o consumo. Não adianta a cerveja Y fazer uma campanha uma semana antes e no momento a cerveja X estar mais presente no local.

As marcas estreantes potencializam suas ações em momentos estratégicos para ganhar exposição e despertar a curiosidade dos consumidores. Por isso, a concorrência em impactar o consumidor se torna ainda mais acirrada.

Uma marca que conseguiu muita visibilidade e conquistou posicionamento foi a da Brahma na Copa de 1994, com a campanha “A cerveja número um”. Apesar de a Coca Cola, Antarctica e Kaiser serem as patrocinadoras oficiais do evento, a cervejaria conseguiu investir para se tornar o centro das atenções. A estratégia da empresa começou com uma banda que tocava seu jingle durante os jogos amistosos do Brasil, sendo posicionada estrategicamente próxima as cabines da imprensa para fazer o som vazar nas transmissões de rádio e TV. Em seguida, ela convidou torcedores, com tudo pago, para que fossem aos jogos vestindo a camisa verde e amarela estampada com o número um ao meio, simbolizando a campanha. Esses torcedores ficaram na primeira fileira e quando o Brasil marcava um gol, eles pulavam com o dedo indicador simbolizando o número um, assim foram captados pelas câmeras na maior parte dos jogos. Juntamente, espalharam milhares de camisas e flyers durante as partidas. Para completar a ação, a Seleção Brasileira chegou a final e conquistou o título de tetracampeã.

Nesse momento, o marketing offline poderá criar awareness com seu conceito de branding e até mesmo um novo posicionamento como resultado da ação. Assim, as empresas terão espaço para fazer um grande projeto e mostrarão como o marketing promocional pode se tornar inovador.

Por isso, o marketing offline ainda é uma das formas mais impactantes durante as datas comemorativas. Com o suporte online para relembrar e criar uma identificação com a marca, será ação de marketing promocional no offline que irá definir o resultado final.

Fale agora com um de nossos especialistas.

Sente-se e fique à vontade, venha conhecer mais sobre a RR Donnelley!

Clique no botão e entre em contato diretamente com nossa equipe comercial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *