O investimento em materiais impressos tem sido uma grande dúvida para algumas empresas. Sites que permitem ângulos diferentes e a pré-interação com o produto, tem conquistado os diretores de marketing e a verba de mídia. Então, por que algumas marcas de luxo ainda fazem questão de produzir catálogos impressos?

Talvez pelo mesmo motivo que ainda temos fotos em porta retratos. Estar ali, em cima da mesa, impresso e “brilhante” parece transmitir um sentimento mais forte do que na tela de um computador ou celular. As marcas utilizam a possibilidade de criar esse feeling para produzir um material que fará os leitores conectarem-se fortemente aos seus produtos e serviços. O mercado de luxo produz catálogos que não tem como objetivo apenas transmitir seus produtos, eles mostram o conceito por trás de cada um deles reforçando o aspecto de que o consumidor opta por uma marca pois enxerga valor nele.

A peça apresentada no catálogo reflete o que é tendências nas ruas e nas passarelas, assim as marcas de luxo conseguem entregar ao seu público exatamente o que procuram: conteúdo de qualidade. Porém, isso não está limitado apenas para esse segmento. Toda empresa, ao construir seus serviços e produtos, cria uma história ao seu redor, podendo gerar um diferencial. Por exemplo, a Chrysler fez um catálogo com seus novos modelos de carro, onde cada um está interligado ao conceito de como as pessoas devem lutar para construir sua história. Esse tipo de abordagem cria um material mais atrativo e até mesmo colecionável.

Algumas críticas que surgem ao longo desse percurso é se a produção de materiais offline não diminui a penetração da marca no mercado. Na verdade, ocorre o oposto. Quando o consumidor recebe um algo bem produzido, sua visão da marca tende a mudar. Além de investir no posicionamento da empresa, acaba-se também investindo no marketing de relacionamento.

Oferecer um material considerado premium, até mesmo o personalizando com nomes, pode gerar uma identificação a mais com o produto, criando o sentimento de “especial” que muitos procuram dentro das marcas. Isso não quer dizer que a marca deixará o online de lado, na verdade eles serão complementares, já que multi-plataformas atendem mais e melhor as diversas necessidades dos consumidores.

Dessa forma, as marcas de luxo desmistificam que os materiais offline podem denegrir a imagem diante do mercado e não possuem mais o impacto nos consumidores. Na verdade, eles acabam sendo um forte aliado que potencializam seu posicionamento.

Fale agora com um de nossos especialistas.

Sente-se e fique à vontade, venha conhecer mais sobre a RR Donnelley!

Clique no botão e entre em contato diretamente com nossa equipe comercial.