Se você estava procurando por uma lista mágica que combine o tipo de material ao target, sinto informar que isso não existe. Na verdade, acreditamos que essa é uma notícia mais positiva do que negativa.

O ser humano é mutável, tanto em seu comportamento como nos seus ideais. Dessa forma, não existe a possibilidade de criar algo padronizado que transcenda os anos e permeie as mais diversas campanhas. Devemos comemorar essa “inconstância” dos consumidores, pois são nessas mudanças que novos serviços encontram um espaço para conquistá-los.

Ao construir uma marca ou lançar um produto, a área de marketing faz um estudo de campo, para entender as principais características do target em busca de impactá-lo efetivamente. Para escolher um material impresso são usadas as mesmas diretrizes, o estudo do comportamento e atitudes do público alvo ajudarão a definir a melhor opção. Por mais que o comportamento do consumidor mude conforme o tempo, vale considerar cases passados para entender aspectos que ajudem com o atual, não apenas o que fazer, mas lembrar do que não se deve fazer. Por exemplo, muitas pessoas desacreditam que os jovens ainda podem ser impactados por materiais gráficos, mas sabia que isso não passa de um mito? (Veja mais em outro texto do nosso blog).

Através da análise comportamental, ficará mais fácil definir não apenas o tipo de material, mas também o conteúdo que será oferecido. Não podemos esquecer que além de soluções gráficas, um impacto eficiente de mídia se faz por informação relevantes. O consumidor quer algo que o convença e as empresas precisam tornar o material gráfico um canal para que isso aconteça.

Assim, podemos usar como carro chefe o estudo do target para encontrar o melhor material impresso. A melhor forma de impactar um público é conhecê-lo e com as soluções gráficas, que hoje tornam os materiais mais atrativos, as chances de criar uma campanha inovadora são ainda maiores.

Aqui vão alguns itens que você precisa se atentar para saber qual a melhor forma de impactar seu público:

  • Como falamos anteriormente, entender o público-alvo e seu comportamento é essencial para isso;
  • Qual o objetivo de comunicação e conversão da campanha? Assim, você conseguirá entender quais são as formas de impacto mais indicadas;
  • Local e época da interação: se for uma ação que acontecerá em algum lugar e época específica, será preciso analisar o comportamento comum do público durante esse “evento”;
  • O que já deu certo: É sempre bom analisar os tipos de materiais já usados em campanhas anteriores e verificar os resultados através de um período;

Se ainda estiver em dúvida de quais materiais apostar, temos uma dica valiosa: faça testes A/B divulgando a mesma comunicação mas em materiais diferentes. Lembre-se de fazer o mesmo esforço de divulgação em ambos os testes para ter o mesmo nível de aferição.

 

Fale agora com um de nossos especialistas.

Sente-se e fique à vontade, venha conhecer mais sobre a RR Donnelley!

Clique no botão e entre em contato diretamente com nossa equipe comercial.

Os Comentários estão fechados